Após 30 dias sem aulas, Escola José Veridiano poderá retomar as atividades na próxima semana

Foto: Reprodução/Facebook

Há pelo menos 30 dias as aulas da  a Escola Estadual Professor José Veridiano, no 5º Distrito de Canguçu foram suspensas porque a falta de pagamento a empresa que realiza diariamente o transporte escolar dos alunos, ocasionou na suspensão do serviço afetando 124 dos 128 alunos matriculados.

Segundo a direção da escola, o valor diário do contrato do governo do Estado com a empresa que realiza o transporte é de R$ 6.051,89. A cada três meses, são pagos R$ 363.113,40, pelo roteiro diário de 400km, como é comum em licitações. Já se foram pelo menos três meses desde que o último pagamento foi realizado.

PRESSÃO DOS PAIS E DE POLÍTICOS

“Eles (5ª CRE) nos compreendem e apoiam, pois sabem que é uma questão de descaso do governo. Em outubro, encaminhei para que alguns alunos fizessem a exigência de seus direitos de acesso à escola junto a Promotoria da Educação, em Pelotas. Lá, eles entraram com uma ação contra o Estado para que exigisse o direito de acesso a escola. Foi preciso entrar com um recurso.” explicou  o diretor da escola e professor de física Marcos Barcellos.

Nesta sexta-feira (9), o deputado estadual Zé Nunes (PT), esteve reunido com o titular da 5°Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Carlos Vieira, em Pelotas, acompanhado pelo vereador Erroldisnei Borges, o Rodinha.

Na pauta, o pagamento do transporte escolar das escolas estaduais e a construção de quadras poliesportivas nas escolas municipais.  Segundo Zé Nunes, Carlos informou que parte do pagamento será feito ainda hoje.

Em outubro, o parlamentar, o vereador e comitiva de diretores e professores estiveram na Secretaria de Estado da Educação tratando do mesmo assunto, e a equipe diretiva da Seduc se comprometeu em verificar a situação junto à Secretaria da Fazenda.

RECUPERAÇÃO DAS AULAS

Segundo o diretor, antes da confirmação da 5ª CRE, a escola entrou em acordo com os pais e a  empresa que presta os serviços, para que fosse feito ao menos dois roteiros num dia, e os outros dois no outro. Para o diretor, assim que o empresário receber, as atividades serão retomadas imediatamente.

“Os pais que pudessem levariam todos os dias, aos outros alunos forneceríamos os conteúdos perdidos e eventuais explicações quando preciso. A recuperação dos dias letivos é uma questão um pouco complexa. Assim que voltarem as aulas, montaremos um calendário de recuperação e enviaremos para 5ª CRE, que avaliará para que ocorra a aprovação.” explicou o diretor, Marcos Barcellos

 

Leia Também:

ads

Notícias Relacionadas

Empresa oferece curso de informática gratuito para alunos da ETEC

Num momento em que o desemprego atinge mais de 13 milhões de brasileiros e ...

COOESC

COOESC suspende transporte de estudantes nesta segunda-feira

A Cooperativa dos Estudantes de Canguçu (COOESC) decidiu durante o fim de semana pela suspensão ...

Alunos da Escola Santa Maria recebem palestra sobre o tráfico de drogas em Canguçu

Foto: Polícia Civil A Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (26/09), através da delegada ...

Sisu

Inscrições para o Sisu de inverno começaram na terça-feira

Na terça-feira (12), abriram as inscrições para o Sisu 2018/2. Podem se inscrever os candidatos ...

ETEC abre inscrições para cursos técnicos em Agricultura e Contabilidade

A Escola Técnica Estadual de Canguçu (ETEC) já está com as matrículas abertas para ...

COOESC mantém suspenso o transporte de estudantes para Pelotas e Capão do Leão

Na noite de segunda-feira (28), a Cooperativa dos Estudantes de Canguçu (COOESC) emitiu uma ...

15º Festival Estudantil da Cultura Alemã e Pomerana movimenta 25 escolas em Canguçu

Foto: Jornal Canguçu Notícia Jovens estudantes promoveram desfile para mobilizar comunidade a participar do ...

Mini Vereadores

FOTOS: Conheça os Mini Vereadores deste ano

Nesta quinta-feira (21), às 14h aconteceu a posse dos mini vereadores no Plenário da ...